Como integrar o RH em uma transformação

março 8, 2022 | Conceitos Lean

Toda transformação tende a gerar resistência. As teorias físicas de Newton sobre o movimento dos corpos já explicavam o porquê. A primeira lei dele, que trata do princípio da inércia, afirma que “todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que ele seja forçado a mudar aquele estado por forças imprimidas sobre ele”. E este conceito certamente também vale para o dia a dia das organizações.

Mudanças que alteram, em maior ou menor grau, a cultura de uma organização – como na implementação do pensamento Lean em todos os departamentos, por exemplo -, devem ser precedidas por uma grande preparação interna, um planejamento de comunicação e a definição clara de papéis.

A resistência natural dos colaboradores frente a uma mudança e a falta de entendimento dos benefícios dessa transformação costumam ser os principais obstáculos, o que exige do departamento de RH um trabalho bastante ativo. Começar com a metodologia Lean no RH pode ser um grande passo para o sucesso de uma transformação.

O Lean Thinking propõe uma mudança profunda na forma de se pensar uma empresa. Buscar o funcionamento enxuto, eficiente e sem desperdícios de qualquer natureza deve ser uma prática cotidiana em todas as ações e níveis hierárquicos. A adoção deste pensamento de forma verticalizada, como uma imposição da direção, sem envolvimento da gestão de pessoas ou, uma situação ainda pior, o Lean “empurrado” por um departamento específico, sem engajamento nem das lideranças nem dos colaboradores, é o prenúncio do fracasso!

Por isso, mais do que nunca, é imprescidível o alto engajamento dos times de RH em um processo de sensibilização.

Mas por que devo mudar algo enraizado há tantos anos, que já me traz resultados?

Aqui vão 7 motivos para você aderir ao Pensamento Lean:

  • Você vai ter claro o que é realmente percebido como valor pelo seu cliente
  • Consequentemente, vai reduzir ou até mesmo eliminar tudo o que ele não enxerga como valor (ou seja, desperdício)
  • Você será capaz de entregar muito mais valor, com menos recursos
  • Você estará sempre alinhado aos objetivos estratégicos da organização
  • Você certamente irá engajar muito mais o seu time para alcançar as metas esperadas
  • Você irá criar um ambiente muito mais propício à produtividade, com pessoas satisfeitas e comprometidas com os resultados da empresa
  • Tudo o que você e seu time fizerem poderá ser mensurado e melhorado, em ciclos PDCA

E aí, você está pronto(a) para começar?

Leia sobre a mudança do perfil da liderança clicando aqui!

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Subscribe to our newsletter