SEW-EURODRIVE – Lean e inteligência para o futuro

novembro 16, 2021 | Entrevista, Histórias de sucesso

Johann Soder está na SEW-EURODRIVE há mais de cinco décadas. Ele atua como COO na área de tecnologia de acionamento, que opera fábricas em várias partes do mundo. Durante esse tempo, ele presenciou muitas mudanças, conduziu-as pessoalmente e as transformou em melhorias. Ele conversou com Martin Haas, fundador e membro do conselho fiscal da Staufen, sobre o quanto uma empresa deve aprender para se manter competitiva.

Liderança realista

A força de trabalho em uma empresa só é capaz alcançar a alta performance se receber impulso e a capacidade adequados de seus líderes. Os líderes precisam desenvolver uma nova mentalidade se desejam ter sucesso com suas equipes.

Ao mesmo tempo, é essencial manter o controle da realidade. Chefes, gerentes e executivos devem ter cuidado para não perder a conexão com o chão de fábrica: Como funcionam os processos? Quais são as operações normais da empresa? Quais etapas compõem a cadeia de valor?

“Mesmo agora, especialmente em situações tão difíceis, como a escassez de materiais e outras coisas, você tem que manter o ouvido aberto, sentir o pulso da fábrica e permanecer conversando com os funcionários, para que possa agir de forma rápida, correta e também oferecer suporte. Trabalhar no chão de fábrica tem sido uma grande parte do meu sucesso na SEW-EURODRIVE. ”

Se você conhece muito bem a sua empresa e os seus colaboradores, pode reagir com flexibilidade e rapidez em situações imprevistas: Não são necessárias longas explicações porque o conhecimento necessário já está disponível. Nessas empresas, os funcionários sabem que podem confiar em seus superiores. Esse tipo de confiança também ajuda em situações difíceis.

Por muito tempo, muitas empresas negligenciaram isso: a administração tinha pouco a ver com os funcionários e muitas vezes tinha apenas uma ideia aproximada dos processos nas várias áreas. Johann Soder dá as boas-vindas à mudança de pensamento ocorrida nos últimos anos: os gestores estão agora cada vez mais treinados, o que lhes permite aprender esses princípios importantes.

Filosofia Lean para otimização

Johann Soder explica como ele introduziu e implementou a filosofia Lean na SEW-EURODRIVE: Foi uma tarefa enorme, transformar uma abordagem orientada para o desempenho em uma abordagem orientada para o processo. Ele enfatiza a importância de implementar processos Lean 100 por cento e não parar ao longo do caminho.

O foco está sempre nas pessoas: a seu ver, a filosofia Lean não prevê cortes de empregos, mas sim a exploração da experiência de todos, o que permite o desenvolvimento de novos processos de trabalho para o futuro. Seu sucesso prova que ele estava certo: após as dores iniciais de crescimento, uma vez que a filosofia Lean havia permeado todas as áreas produtivas, técnicas e administrativas, a SEW-EURODRIVE foi capaz de registrar um aumento de desempenho entre 30 e 35 por cento.

Processo Lean como fundação para a Smart Factory

Depois que a empresa começou a seguir a filosofia Lean, a era da Indústria 4.0 deslanchou. Descobriu-se que era inteiramente possível combinar os processos otimizados e simplificados da empresa com as novas conquistas da tecnologia. No entanto, as pessoas na fábrica continuaram sendo o foco.

Inicialmente, havia preocupações: embora a Smart Factory abrisse muitas novas possibilidades por meio de, por exemplo, da coleta de dados, era também de uma complexidade totalmente nova. Embora a automação tenha tornado as etapas mais fáceis, ela exigiu várias sessões de treinamento para os funcionários. Os gestores também tiveram que repensar suas formas de trabalho.

“E o lean (…) é a base para integrar a tecnologia automatizada. É por isso que os princípios Lean e a Indústria 4.0 podem ser combinados de forma inteligente nas Smart Factorys do futuro. ”

Felizmente, ficou claro rapidamente que os princípios de uma empresa Lean se encaixavam bem com a superestrutura técnica da Smart Factory: como os processos que poderiam ser simplificados já haviam sido de antemão, a base perfeita foi criada. A combinação de pessoas e tecnologia permitiu à empresa dar mais um salto: as etapas de trabalho nos novos processos agora eram robustas e resilientes.

Resiliência na crise

A pandemia causou dificuldades para empresas em uma ampla gama de setores. A SEW-EURODRIVE mesmo precisou recorrer à redução da jornada de trabalho e a empresa foi capaz de amortecer a catástrofe global. Isso se deu em parte ao excelente networking entre as várias fábricas da empresa.

Quando o vírus se espalhou na China, sua produção foi prejudicada. Em troca, os responsáveis na Alemanha reagiram rapidamente e aumentaram a produção nas fábricas locais. Tornou-se evidente aqui que a nova abordagem estava exatamente certa: a combinação da filosofia Lean e da automação tornou possível triplicar temporariamente a produção. Turnos adicionais e turnos de fim de semana foram introduzidos para este propósito. Enquanto várias empresas na Alemanha tiveram que mandar seus funcionários para casa, havia trabalho mais do que suficiente na SEW-EURODRIVE.

Pouco tempo depois, a situação se inverteu: a China se recuperou lentamente, à medida em que as coisas se tornaram mais tensas na Alemanha. As fábricas chinesas foram capazes de produzir mais e, assim, apoiar parcialmente a parte alemã da empresa. Ao fazer isso, os clientes poderiam ser fornecidos de maneira confiável, apesar da difícil situação geral na Ásia e na Europa.

Após a crise é o antes da crise

Quase não chega o momento em que o mercado não guarda surpresas desagradáveis para os empresários. Os gargalos relacionados aos semicondutores, por exemplo, foram anunciados há muito tempo, então foi relativamente fácil fazer arranjos aqui. No entanto, não era previsível que haveria problemas no fornecimento de materiais em grande escala e em áreas muito diferentes.

Nesse contexto, é importante que a empresa seja o mais flexível e adaptável possível. Uma boa rede ajuda a superar os gargalos. Consequentemente, a força de trabalho pode ser enviada para casa quando não houver nada para fazer. No entanto, assim que uma entrega chega por meio de um dos vários canais, o trabalho continua. Em nenhum momento os clientes tiveram que esperar muito tempo para serem atendidos.

Moderador

Martin Haas, fundador and membro do conselho da Staufen 

Convidado

Johann Soder, COO, SEW-EURODRIVE GmbH & Co. KG

Further content

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Subscribe to our newsletter