A JORNADA DA BMW PARA UMA CULTURA ÁGIL DE COLABORAÇÃO

BMW Logo

Os mercados e as condições ambientais estão mudando tão rapidamente hoje que as empresas com estruturas tradicionais não são mais capazes de responder com eficácia. A consequência: as estruturas e processos internos não conseguem mais acompanhar a complexidade e a dinâmica externas.

As empresas geralmente se concentram em seus processos internos para criar ordem. Como resultado, as rotinas são estabelecidas ao longo dos anos e as empresas tornam-se mais lentas, perdendo de vista seus clientes, bem como seus requisitos e necessidades. Elas não se concentram mais sobretudo na criação de valor, mas se prendem ao pensamento em silos e processos ineficientes, que inevitavelmente levam a um aumento da complexidade. As empresas ágeis, por outro lado, buscam mudanças em suas estruturas organizacionais. Elas querem se libertar de estruturas e processos desnecessários e paralisantes para se adaptarem mais rapidamente a novos mercados e ambientes. As empresas ágeis desejam reviver sua mentalidade original. Elas são capazes de reconhecer as mudanças em um estágio inicial e se adaptam de acordo com elas, usando a forma mais eficaz e eficiente de organização. Com esse espírito, um programa de mudança foi estabelecido em 2018 em um departamento da BMW e a Staufen foi premiada com o projeto “EG-5 torna-se ágil”.

O QUE É BMW EG-5?

O “Forschungs – und Innovationszentrum” (FIZ) em Munique é o centro da rede mundial de pesquisa e desenvolvimento do Grupo BMW desde 1986. O departamento EG-5 “Ciclo de vida do produto” está situado no FIZ e faz parte do desenvolvimento geral do veículo. A declaração de missão do EG-5 é: Garantimos sustentabilidade e confiabilidade no ciclo de vida do veículo e, portanto, formamos a base para uma experiência premium do cliente. A área de responsabilidade cobre os tópicos de estabilidade operacional, resistência à corrosão, sustentabilidade do produto e materiais e sua integração em todas as séries. No departamento, 200 colaboradores atuam em cerca de 65 projetos simultâneos. O departamento é composto por 4 subdepartamentos e 13 equipes.

SITUAÇÃO INICIAL- WHERE DID WE COME FROM?

Entre as equipes da BMW, o departamento EG-5 não era considerado muito atraente para funcionários ambiciosos e talentosos que buscavam mais influência no design.

Houve menos interações entre os funcionários no EG-5 do que com parceiros de processo externos. Em vez de aumentar o potencial do departamento, aumentou o pensamento em silo e a heterogeneidade.

O resultado foi a falta de comunicação, transparência e adaptabilidade. Uma pesquisa com os funcionários mostrou que uma alta carga de trabalho combinada com o não cumprimento das metas gerava um alto nível de insatisfação. Além disso, aumentaram os requisitos das áreas afins.

A dinâmica das inovações de produto, a redução dos ciclos de desenvolvimento, bem como o aumento da complexidade e inúmeras imprevisibilidades, tornaram absolutamente necessária a mudança para métodos e estruturas de trabalho ágeis.

“Precisamos mudar a forma como pensamos para nos prepararmos para um ambiente flexível, colaborativo e em rápida mudança.”

ENTREVISTA COM BARBARA SCHWEICKERT

O que os motivou a seguir rumo à agilidade?

Na BMW, passávamos a impressão de ser uma área muito antiga, desatualizada e hierárquica. Queríamos mudar isso.

Quais medidas vocês tomaram para mudar isso?

Nosso objetivo não era apenas trabalhar de forma mais eficiente e econômica, mas também criar mais liberdade e dar aos funcionários tempo para inovar. Queríamos desenvolver uma cultura diferente e melhor. Nosso objetivo era mudar de uma hierarquia matricial tradicional para um modelo circular. Futuramente, devemos colocar mais foco no trabalho de baixo para cima, autoiniciado e interdisciplinar.

O que vocês alcançaram?

Muita coisa mudou. Economizamos orçamentos, trabalhamos com mais eficiência e entregamos mais no prazo. Ao mesmo tempo, sentimos que uma mudança cultural está ocorrendo.

Quais são os fatores de sucesso para este tipo de projeto?

Os executivos devem apoiá-lo, caso contrário, não adianta iniciar tal transformação. O suporte externo também é importante. Você não pode fazer isso sozinho.

By loading this view you accept the data privacy terms and conditions of Yumpu. Read more

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Subscribe to our newsletter